Seguidores

7 de junho de 2010

AMIZADE


Poema do Amigo

Mal nos conhecemos
Inauguramos a palavra amigo!
Amigo é um sorriso
De boca em boca,
Um olhar bem limpo
Uma casa, mesmo modesta, que se oferece.
Um coração pronto a pulsar
Na nossa mão!
Amigo (recordam-se, vocês aí,
Escrupulosos detritos?)
Amigo é o contrário de inimigo!
Amigo é o erro corrigido,
Não o erro perseguido, explorado.
É a verdade partilhada, praticada.
Amigo é a solidão derrotada!
Amigo é uma grande tarefa,
Um trabalho sem fim,
Um espaço útil, um tempo fértil,
Amigo vai ser, é já uma grande festa!

Alexandre O'Neill

2 comentários:

  1. Velhos amigos, novos amigos, ambos exigem da parte de quem os tem, uma atenção diária, mesmo estando fisicamente distantes. Tenhamos a certeza de que no dia que precisarmos, um poder telepático os trarão, nas asas da de um falcão, para nos darem sua mão!
    Amigos fiéis não são para as ocasiões, como alguém já disse.
    São a família escolhida por nós e quem os tem bons, tem uma bênção de Deus.
    Bonita homenagem nos trazes amiga, pelas mãos de O'Neill.
    Beijinho...Mu@@@@@@@@@@@@

    ResponderEliminar
  2. Olá Ana...
    É um dos mais lindos poemas dirigido ao(s)Amigo(s), pois nem todos são dignos desse nome... E como tu dizes os verdadeiros Amigos não são para as ocasiões são para a vida... Amigos de Verdade são tesouros, e por isso é que muita gente vive na mais triste "pobreza"!
    P.S. Muito cuidado com os falsos A(amigos), pois eles bem querem, Ser e Ter um A grande...., mas infelizmente com o tempo até o a pequeno desaparece...
    Um beijinho Aninha@@@

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita e seu comentário, volte sempre. Beijinhos