Seguidores

5 de julho de 2010

'AOS OLHOS DA MINHA ALMA'



Alma gêmea
(A ausência que ganha vida no reencontro... )


Ouça-me, não diga nada...

Hoje eu vou dar voz aos sentimentos,
transformá-los em palavras,
deixá-los documentados,

Chegou a hora, de demonstrar
o que eu sinto,
o sentimento mais lindo,
a entrega mais segura,
a decisão mais sábia...

Somos a prova real,
do reencontro de duas almas,
que em verdade,
nunca se separaram totalmente.

A busca terminou...
À nossa frente, o futuro,
não mais incerto,
agora com certeza, eterno...

(S.R)
Elly

2 comentários:

  1. Que maravilhosa declaração de amor...Quisera que fizessem uma assim um destes dias, mas nem em sonhos.
    Lindo Betinha...Beijokinh@@@@@@@

    ResponderEliminar
  2. Eu não substituo a conquista dos meus sonhos pela probabilidade de ganhá-los. Eu quero viver na certeza de que terei oportunidades para fazê-los. Eu quero e exijo isonomia ! Digo a todos que abomino o morno!
    Segure minha mão amor! Acompanhe meu desenvolvimento, mude o trajeto do erro imperdoável, clareia-me para os lugares estranhos, simplifique a rotina do dia-a-dia, interceda por mim na montagem da minha felicidade, enlouqueça-me com sentimentos pueris para que eu nunca precise desmoronar diante de ti.

    Aparecida

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita e seu comentário, volte sempre. Beijinhos